A primeira impressão é a que fica?

18-07_foto_noticia_site (1)

No caso de embalagens, talvez essa citação faça mais sentido do que você imagina. A embalagem é a vitrine do seu produto, não adianta investir nos melhores ingredientes sem apresentá-lo com um layout adequado.

Para começar todo esse processo, algumas perguntas sempre vêm à mente:

-Como montar uma embalagem que se destaque em uma prateleira cheia de opções?
-Como destacar o seu produto em relação aos concorrentes através de uma identidade diferenciada?
-Como transformar a compra do produto em uma experiência positiva para o consumidor através da embalagem?

 

Para começar, faça uma análise profunda na sua marca, na sua empresa, no seu produto e na embalagem atual, priorizando alguns questionamentos:

– A sua marca tem um posicionamento claro no mercado?
– Os valores e propósitos da sua marca estão representados na sua embalagem?
– A embalagem comunica e valoriza o seu produto?
– De qual forma a sua embalagem se conecta com os seus consumidores?

Ter estas respostas em mente é essencial para seguir com êxito no processo de desenvolvimento de uma embalagem. Mas, não se esqueça:  A criatividade é a alma do negócio.

Uma embalagem muitas vezes é o único veículo de venda e comunicação de uma marca e para isso devemos ter uma personalidade própria. Muitas marcas insistem em seguir um modelo já ultrapassado, conhecido como “Me Too”, que consiste em utilizar uma embalagem e identidade visual parecida com a de seus concorrentes/líder no mercado para que o público/consumidor opte pelo seu ao ver a sua marca ao lado da líder – uma prática que na maioria das vezes não é muito recomendada.

Após definir uma estratégia concisa e uma identidade visual para a marca você precisa pensar em alguns pontos cruciais para que o processo de criação da embalagem tenha resultados satisfatórios.

1 – Defina com clareza a categoria do produto, pois existem diversos códigos visuais para embalagens que representam o seu universo onde sua marca e produto querem concorrer.  

2 – Envolva toda a cadeia de produção, desde a área de marketing, até o fornecedor das embalagens no processo. Isso fará com que o desenvolvimento do projeto seja muito mais eficiente.

3- Sempre que possível, priorize a sustentabilidade. Aposte em uma embalagem que possa ser reciclada. Este pensamento focado na sustentabilidade faz a sua marca ser cada vez mais moderna e atual, pois os consumidores estão cada vez mais atentos em relação à isso.

4- A transparência nos produtos é outra forte tendência, principalmente para os consumidores de produtos saudáveis, que gostam de ver aquilo que estão comprando/consumindo.

5- Uma embalagem simples costuma ter mais impacto e trazer resultados positivos na visibilidade do consumidor.

6- Leve a sua marca além da embalagem, agregue conteúdo digital; QRCodes, links para site, redes sociais, jogos online, videos etc.

Você pode ainda fazer muitas outras perguntas, considerando a categoria e o mercado do seu produto. O mais importante é proporcionar ao consumidor um primeiro impacto surpreendente e positivo, para que a sua relação com a marca comece bem e seja duradoura..

Quer bater um papo com uma equipe expert no assunto? Entre em contato com a gente!

Postado em 19 de julho de 2016 em Sem categoria

Compartilhe

Back to Top